Adauto da Farmácia (Cidadania) / 2017-2020

Nome completo: Adauto Silvestre Ramos
Partido: Cidadania
Status: Com 1.126 votos na eleição de 2016, foi eleito o primeiro suplente pelo PPS, que mudou o nome em 2019 para Cidadania. Tomou posse como vereador em outubro de 2018, após a cassação do mandato de seu irmão, Noilton Ramos (PSL), por infidelidade partidária.
Cargo na mesa diretora: Não participa
Participação em Comissões Permanentes: Ética
Data de nascimento: 18/12/1968
Grau de instrução: Fundamental completo
Profissão: Comerciante
Telefone: 99641-5031
E-mail: vradautodafarmacia@camarataubate.sp.gov.br
Aliança na eleição para prefeito/2016: Pollyana Gama (PPS)


2018
– Votou em BOBI na eleição para a presidência da Câmara, mandato 2019-2020.
– Votou A FAVOR do projeto da LOA (Lei Orçamentária Anual) de 2019.


2019
– Votou CONTRA o projeto para proibir a utilização de canudos plásticos em Taubaté.
ASSINOU o requerimento de abertura da CPI para apurar a ‘água suja’ da Sabesp.
NÃO ASSINOU o requerimento de abertura da CPI para investigar o atraso no pagamento de salário dos médicos terceirizados.
– Esteve AUSENTE na votação do relatório final da CPI da Unitau.
– Votou A FAVOR do projeto que autoriza o uso de armas de fogo pela guarda municipal.
– Votou CONTRA o projeto que restringiu os eventos no trecho coberto da Avenida do Povo.
– Votou A FAVOR do projeto que autorizou o empréstimo de R$ 29,5 milhões para implantação de lâmpadas de LED.
– Votou A FAVOR do projeto de revisão do Plano Diretor.
– Votou pela APROVAÇÃO das contas de 2015 de Ortiz Junior.
– Votou pela APROVAÇÃO das contas de 2016 de Ortiz Junior.
– Votou A FAVOR do projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2020.
– Votou CONTRA o projeto do prefeito que reduz em R$ 1,615 bilhão o montante que o IPMT receberá nos próximos 30 anos como contribuição patronal.
– Se ABSTEVE de votar o relatório final da CPI do Transporte.
NÃO ASSINOU o requerimento de abertura da CPI dos Postes.
– Votou A FAVOR do projeto do prefeito que visa destinar a agentes de segurança pública no mínimo 10% das unidades de conjuntos habitacionais que tiverem participação do município.


Bens declarados na eleição de 2016
Empresa – R$ 1.000
Casa em construção – R$ 35.000
Carro – R$ 45.000
TOTAL: R$ 81.000


PROCESSOS POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
Não responde a nenhum processo.