Digão (PSDB) / 2017-2020

Nome completo: Rodrigo Luís Silva
Partido: PSDB
Status: Em seu terceiro terceiro mandato consecutivo na Câmara. Na eleição de 2016, recebeu 3.406 votos.
Cargo na mesa diretora: 
Não participa
Participação em Comissões Permanentes: Comissão de Saúde, Comissão Especial de Fiscalização Orçamentária
Data de nascimento:
 21/04/1976
Grau de instrução: Superior completo
Profissão: Protético e Jornalista
E-mail: vrdigaoprotetico@camarataubate.sp.gov.br
Telefone do gabinete: 3625-9513 / 3625-9538 / 3625-9581
Aliança na eleição para prefeito/2016:
partido apoiou Ortiz Junior (PSDB), mas ele não fez campanha para o tucano.
Mandato anterior:
clique aqui para saber como ele votou entre 2013 e 2016.


2017
– Votou em ORESTES VANONE na eleição para a presidência da Câmara, mandato 2017-2018.
– Votou A FAVOR do projeto que alterou as regras do aporte bilionário para socorrer o IPMT.
– Votou A FAVOR do projeto que autorizou o município a abrir uma concorrência para contratar uma empresa para os serviços de água e esgoto.
– Votou A FAVOR do projeto que proibiu o tráfego de veículos de tração animal na zona urbana e nas áreas de expansão urbana.
– Embora presente no plenário, decidiu SE ABSTER de votar no projeto para doação de uma área de 20 mil m² no distrito industrial do Piracangaguá 2 à empresa Valle Sul.
– Votou A FAVOR do projeto que autoriza o município a usar recursos oriundos do ICMS para pagar dívidas com a Sabesp.
– Votou pela APROVAÇÃO das contas de 2013 de Ortiz Junior.
– Votou pela APROVAÇÃO das contas de 2014 de Ortiz Junior.
– Esteve AUSENTE na votação do projeto para reajustar em 8% o salário dos servidores da prefeitura, entre eles o prefeito Ortiz Junior e os secretários municipais.
– Votou A FAVOR do projeto para reajustar em 4,08% o salário dos próprios vereadores.
– Votou A FAVOR do projeto para conceder anistia de multas e juros para devedores da prefeitura.
– Votou A FAVOR do projeto para permitir terceirizações na Saúde e na Educação por meio de Organizações Sociais.
– Votou A FAVOR do projeto de revisão do Plano Diretor.
– Votou A FAVOR do projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2018.


Bens declarados na eleição de 2012
Casa – R$150.000,00
Carro – R$24.000,00
TOTAL: R$ 174.000,00

Bens declarados na eleição de 2016
Apartamento – R$70.000,00
TOTAL: R$70.000,00


PROCESSOS POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
Processo 0013437-96.2011.8.26.0625
Na ação, Ministério Público denunciou vereadores por ato que permitia que assessores dirigissem os carros da Câmara.

Processo 0006952-12.2013.8.26.0625
Grupo de vereadores foi denunciado pela aprovação de mais de 40 projetos supostamente irregulares de doação de área na legislatura passada.

Processo 1006972-78.2016.8.26.0625
Vereadores que presidiram a Câmara entre 2014 e 2016 são acusados de desrespeitar decisão judicial de 2014 que apontou irregularidades na nomeação de assessores do Legislativo.

Processo 1009973-71.2016.8.26.0625
Vereadores que presidiram a Câmara entre 2012 e 2016 são acusados de pagamento irregular de hora extra para servidores, que teria totalizado prejuízo de R$ 1,9 milhão para os cofres públicos nesse período.